5 Dicas para prestação de contas em condomínios

Publicado por Marfan Empreendimentos em

Dependendo da situação em que se encontram as finanças , a prestação de contas em condomínios pode se tornar um grande desafio para síndicos e administradores. 

Muitas vezes, a falta de experiência com a prestação de contas, faz com que síndicos cometam erros que podem comprometer e colocar em risco a credibilidade de sua gestão perante os condôminos.

Além disso, é importante destacar que a legislação que rege a vida condominial estipula várias regras que devem ser observadas em relação à apresentação e aprovação de relatórios financeiros e prestação de contas.

Veja o que diz o item VIII do artigo 1348 do Código Civil:

Art. 1.348. Compete ao síndico:

VIII – prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas;

Para auxiliar aqueles que precisam elaborar prestação de contas em condomínios, separamos 5 dicas sobre o assunto. Não deixe de conferir!

1.Exija nota fiscal

O síndico possui uma enorme responsabilidade ao administrar as finanças de um condomínio, por isso deve se respaldar de todas as formas possíveis.

Uma das principais formas para que um síndico busque respaldo para a sua administração financeira, diz respeito a exigência de nota fiscal a cada despesa.

Para cada despesa registrada no caixa do condomínio, o síndico precisa apresentar um documento que comprove e justifique a saída de recursos, sendo assim, exigir nota fiscal é uma regra básica para não enfrentar problemas na prestação de contas.

2.Faça cotações e orçamentos variados

Outra dica valiosa para evitar problemas com a prestação de contas do condomínio, é a realização de cotações e orçamentos variados a cada produto comprado ou serviço contratado.

Para que não haja questionamentos em relação a preços, sempre que for necessário comprar algo ou contratar um serviço em nome do condomínio, faça uma cotação com ao menos três fornecedores distintos.

Veja também: Inquilino pode participar de assembleia de condomínio?

3.Registre todas as despesas e receitas do condomínio

Para manter controle e organização sobre as finanças, é importante que o síndico mantenha todas as receitas e despesas do condomínio devidamente registradas em um livro caixa ou sistema próprio.

Organizar e registrar toda entrada e saída de recursos é essencial para que o síndico consiga fechar o balanço do condomínio e elaborar uma prestação de contas em condomínios precisa e sem ressalvas.

4.Efetue conciliações bancárias regularmente

Para ter certeza de que todas as receitas e despesas do condomínio estão sendo devidamente registradas, é essencial que o síndico realize conciliações bancárias regularmente.

Uma conciliação bancária nada mais é do que uma conferência com os registros de despesas e receitas em posse do condomínio com aqueles registrados no extrato bancário.

É importante que as informações presentes no balanço e na prestação de contas em condomínios reflitam com exatidão a movimentação das contas bancárias.

Dessa forma, a conciliação é uma ferramenta fundamental para organização do síndico e conferência das movimentações realizadas.

Veja também: 5 dicas para manutenção de fachadas em condomínios

5.Seja transparente com as finanças do condomínio

Por fim, seja transparente com as finanças do condomínio, apresentando todos os documentos relativos às movimentações financeiras ao conselho fiscal e também aos condôminos interessados em fiscalizar o uso de recursos do condomínio.

Invista na transparência, conquiste credibilidade junto aos condôminos e evite dor de cabeça e problemas na prestação de contas em condomínios.

Gostou das nossas dicas? Então continue acompanhando o Blog da Marfan Empreendimentos para ter acesso a outros conteúdos relacionados à vida condominial.

É a sua primeira vez por aqui? Acesse o nosso portfólio e conheça os serviços da Marfan em pintura predial e recuperação de fachadas.

Até a próxima!

Categorias: Dúvidas

Open chat